Policial: uma tatuagem eterna

post sobre policial uma tatuagem eterna

A marca!

A polícia marca sua vida pra sempre! Se você é ou pretende ser policial, saiba que você carregará isso com você enquanto viver.

Assista aos noticiários. Ex-policial civil mata. Ex-PM é preso. Coronel reformado fez… Sargento da PM salva… Policial aposentado atira… Enfim, para o bem ou para o mal, seja o pré nome policial ou graduação / patente, mesmo que seja exonerado, tenha pedido baixa, se aposente, não importa, isso te acompanhará.

É algo tão forte que, muitas vezes, você terá seu nome mudado. Passará a ser chamado pelo sobrenome (Silva, Souza, Oliveira…). Se militar for, adotará um nome que te acompanhará… soldado; cabo; sargento; tenente;… fulano de tal. Por vezes, em cidades menores, sua graduação será seu nome (“Vou lá falar com o sargento…”).

Você é marcado. Todos te conhecem. Será muito mais julgado. Atitudes corriqueiras na sociedade – infrações de trânsito, atrasar uma conta – são inaceitáveis para um policial. Nunca mais vai poder entrar em qualquer estabelecimento comercial, sentar-se em qualquer mesa e em qualquer posicionamento, lógico, se realmente for ser polícia.

3 vidas do herói

Abro um parêntese aqui para dizer que, segundo o fórum nacional de segurança pública, você tem três vezes mais chance de ser morto do que um não-policial. Logo, você tem três vezes motivos a mais para dizer um eu te amo para seus pais, esposa/marido, filhos. Três vezes mais motivos para abraçar, beijar, aproveitar cada momento. Não é viver uma vida três vezes mais sobrecarregado, mas, no mínimo, três vezes mais consciente que na grande fila para o encontro com Deus, onde cada um recebeu uma senha, a chamada não é por ordem cronológica e a qualquer momento “canta” seu número e você é o próximo, lamento te dizer, você recebeu três “super senhas”.

Marcado você está. Não há como fugir disso. Mas você também deixa marcas. Também – repito – para o mal ou para o bem. Pode fazer a diferença na vida das pessoas e embora não goste do termo, para muitos você é um herói, o amigo certo em horas incertas. Não é frase clichê, é a verdade das ruas. Nos momentos em que o Estado dorme, um dos poucos órgãos que lá está, ao alcance de um aceno com as mãos ou de uma ligação, que diga-se de passagem, de tão importante, pode ser feita até com o telefone bloqueado, é você caro companheiro policial.

Fim: marcado desde cedo

Certa vez uma criança de 04 anos chegou próximo e perguntou se poderia me dar um abraço. Peguei a criança e além do abraço, coloquei ela dentro da viatura; deixei mexer nos botões do giroflex, sirene, rádio, etc. Precisavam ver a alegria da criança e a satisfação dos pais. É pouco, mas deixa marcas.

Mas para encerrar o texto, quero contar algo que aconteceu domingo, 20/05/2018. Fui na casa dos meus pais visitá-los. De lá, fui na casa do meu avô. Este sofre de mal de alzheimer. A idade o tem deixado fraco, debilitado. Mal mal consegue andar e fala com certa dificuldade. Pior, a doença tem tirado sua memória. (por vezes findamos a vida da mesma forma e com as mesmas características com que a começamos). Em sua falta de lembranças, não rara as vezes, não se lembra dos próprios filhos – oscila entre dias que reconhece e outros não. Antigos conhecidos? Literalmente, esquece. Não se lembra mais. Netos? Tão pouco.

Aproximei dele e minha mãe foi logo perguntando:

— “e aí pai, lembra dele?”

— “lembro”, respondeu com voz mansa e baixinha.

— “quem é então?”, indagou novamente minha mãe.

E para surpresa dela e minha eis que ele responde:

— “Esse é o SOLDADO!”.


FACEBOOK – QSP

@queroserpolicia

Comments

  1. By Rodrigo Braga

    Responder

    • By Weslley

      Responder

  2. By Alana

    Responder

    • By Weslley

      Responder

  3. By Gerson Rocha de Souza

    Responder

    • By Weslley

      Responder

  4. By wisllas

    Responder

    • By Weslley

      Responder

  5. Responder

    • By Weslley

      Responder

  6. By Danielson

    Responder

  7. By Leonardo

    Responder

  8. By Anderson

    Responder

  9. By Freitas

    Responder

    • By Weslley

      Responder

  10. By sterphison duarte

    Responder

  11. By David

    Responder

    • By Weslley

      Responder

  12. By Edivaldo

    Responder

    • By Weslley

      Responder

  13. By Adnilson

    Responder

  14. By Nivaldo Carvalho Júnior

    Responder

    • By Weslley

      Responder

  15. By Isabella

    Responder

    • By Weslley

      Responder

  16. By Aroldo

    Responder

  17. By AGN

    Responder

  18. By RODINEY DELGADO PINTO

    Responder

  19. By Leonardo Correa

    Responder

  20. By Lidiane

    Responder

    • By Weslley

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *