Repensando a Sociedade

sociedade pede paz
Fonte imagem

A sociedade quer paz

Art. 144– A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos: CF/88.
Outro dia vi um sociólogo dar uma péssima palestra na minha faculdade. Foi uma hora de palestra e 60 minutos que vou ter que dar contas a Deus; pois foram perdidos. Chegou o respeitado sujeito a dizer que ele ri dos panfletos que são distribuídos pela PM nas campanhas de auto proteção e que zomba das propagandas com as discas de segurança.
A Carta Magna, de forma explícita, trouxe que segurança é dever do Estado, mas é também responsabilidade de todos. É um dever inerente a nós.
Em criminologia existe os três elementos para que o crime ocorra. Ausência de vigilância ou prevenção, infrator motivado e vítima exponencial (triângulo do crime). Não há como os órgãos de Segurança Pública (leia-se POLÍCIA), vigiarem todos os lugares em todos os momentos ao mesmo tempo (ainda não são onipresentes, mas deve haver algum projeto em tramitação para que sejam…rsrs). Não há como não existir infratores motivados em um país como o nosso; com tanta miséria, desigualdade social, um sistema carcerário que recupera poucos e um código penal que é quase um convite a impunidade. Bem, resta agora diminuir as vítimas exponenciais.
Parece mentira, mas são muitos os furtos de carros onde os infratores já encontram a porta do carro sem trancar e a chave na ignição. Moradores que saem de casa deixando janelas e portas à sorte (fora o risco da chuva).
Direito e responsabilidade andam juntos quando tratamos de segurança. Para cobrar meus direitos estou cumprindo meus deveres?

 

Comments

  1. Responder

    • Responder

  2. By Weslley

    Responder

    • Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *