A perda de um colega de farda

post sobre enterro de um amigo de farda

Recentemente perdi um colega de farda

Perder um policial vítima da criminalidade é muito mais do que a perda de um servidor público. Não porque policiais “valem” mais do que qualquer pessoa. Explico.

Quando você enterra um policial você enterra mais do que um amigo. Mais que alguém que sabe o quanto no Brasil tal profissão é desvalorizada e generalizada, onde todos estão na vala comum da corrupção e despreparo. Mais que alguém que arrisca a vida diariamente, que perde noites de sonos para atender aqueles mesmos que te apedrejam. Mais que alguém…mais que uma farda…

Você enterra a esperança de um futuro melhor. Os policiais são a última força do Estado no âmbito da Segurança Pública para tentar dar um mínimo de estabilidade democrática a um país. Não se engane, ir contra as policias é um tiro no pé.  Se você enterra a esperança, você ressuscita ódio, vingança, transvestido de justiça, afinal de contas, corremos atrás para efetuar a prisão e sabemos que o infrator não ficará muito tempo preso. De resto, sobrará o sentimento de impunidade e ao infrator a desgraça de deitar um PAPA qualquer.

Os dias passam. O tempo faz o seu papel e ameniza a dor. Continuamos na luta meu amigo. Pra você que se foi, saiba que a promessa que você fez continua viva em nós, mesmo sabendo que não teremos reconhecimento, mesmo debaixo de críticas…mesmo…

Fazemos por honra, por nobreza, por um ideal muito maior. Avante!

Comments

  1. By ASP PM Macedo

    Responder

    • By mineiro

      Responder

  2. By Mário Jorge

    Responder

    • By mineiro

      Responder

  3. By Lázaro

    Responder

    • By mineiro

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *