O uso da força na profissão policial

O Choque com escudos em formação.

Uso da força pela polícia

A polícia moderna é uma instituição social, cujo os elementos fundamentais são o uso interno (atuação estatal), a legitimidade social e o uso da força. Este último, apesar de ser comumente considerado como “instrumento” exclusivo da polícia, está presente como competência basilar de outros grupos que têm – também – por função o policiamento.
A notória diferença entre o uso da força praticado pela polícia e o utilizado em outros grupos – a exemplo das empresas de privadas de segurança – é que no primeiro caso a afetação é geral, ou seja, o público-alvo é indeterminado (a polícia atua no meio social com algumas restrições); já na segunda situação, a atuação dos grupos é específica e por isso, restrita a determinados meios.
A utilização da força no ambiente de atuação policial está no “topo” das reclamações feitas por populares que, constantemente, fazem uso do direito à segurança pública. Contudo, faz-se mister salientar que o uso proporcional e responsável deste artifício – a força – se configura como último recurso antes do uso das armas, fato que legitima o seu emprego no intuito de diminuir a lesividade da ação policial.

Comments

  1. Responder

  2. Responder

  3. Responder

  4. By ADRIANO

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>