Justiça proíbe a PMSP de usar bala de borracha em manifestações

Olá nobres leitores,

Ao ver essa reportagem eu fico sem entender o que, de fato, a justiça quer das polícias. Qualquer hora dessas vão retirar as armas de fogo da posse dos policiais e vão nos mandar subir os morros, em busca de bandidos, apenas com cassetetes nas mãos.

Não vejo problema nas manifestações populares pacíficas. Tem que ocorrer mesmo, até porque o povo não pode ficar passivo diante de tanta corrupção e roubalheira que ocorrem no nosso país. Agora, e quanto aos vândalos? Quando começarem a quebrar as agencias bancários e tudo mais que vier pela frente? O que querem que a Polícia faça?

Tem gente que só vai entender o serviço policial quando precisar dele!

A Justiça, em decisão liminar da 10ª Vara da Fazenda Pública da Capital, ou seja, provisória, proibiu o uso de balas de borracha pela Polícia Militar (PM) de São Paulo em manifestações.

A Defensoria Pública de São Paulo ingressou com a ação em abril deste ano e teve a resposta na sexta-feira (24). O documento também “garante o exercício de direito de reunião”. Segundo a decisão em primeira instância, a PM não pode impor condições de tempo e de lugar para os protestos.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-SP) informou que entrará com recurso. Em nota, a secretaria disse que “A Polícia Militar de São Paulo atua dentro dos estritos limites da lei e segundo padrões reconhecidos internacionalmente. A decisão judicial é provisória e será enfrentada por recurso próprio”.

De acordo com a decisão, o uso de balas de borracha “dá ensejo a que policiais menos preparados possam agir com demasiada violência”. Também está previsto que a dispersão e o uso de sprays de pimenta e gases sejam usados em casos “extremamente necessários”.

[…]

FONTE: Site G1

Isso parece até uma piada!!!

Comments

  1. By Weslley

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *