GRAER – Grupamento Aéreo da PMBA

grupamento aérea - Graer / BA

AVIAÇÃO POLICIAL NO BRASIL

No Brasil, a história da aviação policial começou no Estado de São Paulo, em 1913, com a criação de uma Escola de Aviação da Força Pública. A década de 30 assinala o fim da Aviação da Força Publica. Suas atividades só foram retomadas mais de meio século depois, em 27 de dezembro de 1985, com a criação Grupamento de Radiopatrulha Aérea (GRPAE) “João Negrão”, da Policia Militar de São Paulo.

GRUPAMENTO AÉREO DA BAHIA – GRAER

O Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (GRAER), tropa especializada, foi criado em 08 de novembro de 2006, cerca de 22 anos após a institucionalização do GRPAE/SP, através da Lei Estadual nº 10.403 e atua em todo o Estado da Bahia apoiando todos aqueles órgãos que ajam na proteção e socorro da população. Possui uma frota atual de 07 (sete) aeronaves e efetivo técnico composto por 19 (dezenove) pilotos, 12 (doze) tripulantes operacionais, 07 (sete) mecânicos de aeronaves e 21 (vinte e um) operadores de apoio de solo.

A atuação do GRAER se tornou fundamental nas missões de Bombeiros, principalmente no combate a incêndios florestais, como os que ocorrem na região da Chapada Diamantina com certa frequência, além do suporte que é dado às equipes em terra, nas operações de combate a plantações de maconha no Norte da Bahia.

MISSÕES DO GRAER

imagem de aeronave do graer em ação

Exercer, com exclusividade, e atendendo aos padrões técnicos, operacionais e de segurança de voo, o desempenho das ações e do planejamento de emprego de aeronaves, nas diversas missões de Segurança Pública e Defesa Civil no âmbito da PMBA. O GRAER atua no conceito multimissão no qual uma aeronave e sua respectiva tripulação está equipada e treinada para atuar, de pronto, em uma variada gama de ocorrências como resgate de afogados, rebeliões prisionais, transporte de feridos, sequestros, combate a incêndios, roubo a bancos, salvamento em altura, etc.

PILOTO POLICIAL

O Piloto Policial é o responsável pela condução segura e eficiente da aeronave em missões de segurança pública. Na sua formação há diversas habilidades que são requeridas, como a capacidade de manipulação de sistemas informatizados, a capacidade de trabalhar com vastas fontes de informação, a habilidade de comunicarem-se eficientemente e colaborativamente com outros, explorando o potencial das informações recebidas.

PARA SER UM PILOTO DO GRAER

1º PASSO – Ser Oficial da PMBA com no mínimo 3 (três) anos de efetivo serviço;

2º PASSO – Estar no desempenho de função policial-militar ou de natureza policial militar há, no mínimo, 02 (dois) anos, na data de inscrição;

3º PASSO – Rigoroso processo seletivo, incluindo: não ter sido punido em um determinado prazo, não ter feito curso de longa duração fora do estado nos últimos dois anos, não estar em gozo das licenças previstas nos incisos II e VI do art. 145 da Lei Estadual n.º 7.990, de 27 de dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares), no momento da inscrição.

Além disso, o candidato não pode estar com a liberdade cerceada por prisão provisória ou por sentença transitada em julgado, nem estar respondendo a processo administrativo disciplinar, nem encontrar-se afastado do exercício de suas funções em razão de submissão a outro processo ou procedimento administrativo de qualquer natureza.

PROCESSO SELETIVO DO GRAER

Exame Intelectual (EI); Apresentação da Documentação de Inscrição (ADI); Exame Médico (EM); Teste de Condicionamento Físico Geral (TCFG); Teste de Habilidades Específicas (THE); Avaliação Psicológica (AP); Exame de Títulos (ET).

REGISTROS FOTOGRÁFICOS

Graer em resgate

 

 

Graer em atendimento de atropelados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *