Diálogo de polícia Archive

Intervenção

A intervenção necessária Essa semana um assunto deu o que falar: a intervenção. Colegas, amigos, parentes, pessoas próximas, muitos pediram para que eu me manifestasse sobre o assunto. É algo delicado, mas vamos lá. 1 – O ideal é que os entes estivessem em harmonia, se completando, buscando um bem comum. Intervir sempre é uma

Um bico de polícia

Polícia: um bico perigoso – Qual sua profissão? – Marido. Vez ou outra eu faço um bico de polícia também, tiro umas escalas e tal, mas depois que minha sogra me deu um Corolla pra casar com a filha dela, eu to vivendo mais é de marido mesmo. Pior que essa história aí é verdade,

A tela do terraço

Bendita tela Se quer algo bem feito, faça você mesmo. Com essa frase de efeito eu tentei convencer minha esposa para que eu não fizesse alguns afazeres domésticos. Bem, não adiantou. Na última, coronel Dona Maria (vamos assim chamá-la para preservar sua identidade), ordenou-me que colocasse uma tela no terraço pois os pardais estavam entrando

Divagações de uma criança

Brincadeira de criança Uma das brincadeiras que mais gostava quando pequeno, era descer de canoa nos morros da casa da minha avó. Na verdade, esse era o nome que nós “batizamos” a brincadeira, mas não sei ao certo o nome do “negócio” que a Palmeira produz e que nós entramos e descemos o morro escorregando.

Redes sociais e a polícia

Olá caros leitores, já faz algum tempo que tenho em mente o debate sobre este tema tão controverso. Então, nada melhor do quê estrear 2018 com ele. Não há como negar que as redes sociais, na atualidade, já se tornaram fundamentais para a eficiência da comunicação entre pessoas. Contudo, qual a linha limítrofe entre a

Feliz Natal e um próspero 2018

Que venha 2018 Olá caros amigos, Gostaria de agradecer a cada um de vocês pelo ano de 2017. Período de muitas conquistas e também aprendizados; realizações que nos fizeram evoluir no caminho de construções textuais e reflexões cada vez mais sólidas e maduras. A cada texto escrito por nós, visualizado e comentado por vocês, tornou-se

Os Simpsons da segurança

Simpsons, ovos e segurança: qual a relação? O questionável e polêmico desenho dos Simpsons é considerado por muitos um ícone na sátira e deboche das sociedades, em especial a americana. Já teve espaço para umas boas zueiras com os brasileiros também. Para outros, é um desenho de mau gosto e péssimo exemplo para crianças. Não

Minha história + história

Mãe, festas, segurança pública e minhas histórias Quando eu era pequeno, no lugarejo que nasci, a comunidade tinha uma cultura bem peculiar: nos aniversários serviam sempre cachorro-quente. Pra beber, depende: a classe A servia o refrigerante de Cola mais vendido no mundo (não vou dizer que é Coca-Cola pois não estou ganhando patrocínio). A classe

Lilita: cão de guarda

Você conhece alguma Lilita ou Lilito? Eu cresci sendo ensinado que o cachorro tem uma função social: é guardador da casa e deve dar “sinal” ao ver um estranho. Quando casei ganhei várias coisas. Veio no kit esposa. Tem sogra, cunhada e uma cachorra (cadela). Só que este querido animal não cumpre sua função social.

O caçador e a caça

O caçador é implacável As pessoas têm muitas coisas que as diferenciam de um animal qualquer, porém, a que mais me impressiona é a capacidade de mutabilidade; não tem nada a ver com as mutações dos filmes de ficção científica, mas guarda uma relação com a capacidade que temos de nos adaptarmos ao meio em

O que vem depois ?

Depois da quimera Olá meus nobres amigos Desde o momento em que decidi que seria Policial Militar, sempre achei que após a formação os meus problemas seriam resolvidos e eu conheceria a tão sonhada felicidade. Eu não desconsiderava os perigos e necessidades da profissão, mas não os considerava empecilhos para o sucesso profissional. Passaram-se quase

Casar, amar e falar coisas inúteis

Vai casar, prepare-se para administrar Passava das onze da noite. Minha esposa estava a zapear qualquer coisa enquanto eu lia um livro, ambos deitados na cama. De repente, ela indaga: – Amor, já imaginou se os protéticos entrassem de greve? Pergunta já provocando. – Pro, Pro, Pro … o quê? Respondi num tom meio irônico e

Traficante apaixonado

De traficante apaixonado a homicida Olá nobres leitores e amigos. Esses últimos dias “tá osso” (como diria o nosso outro editor Wesley) parar para escrever e dialogar com vocês, mas me ocorreu um fato que não poderia deixar de socializar aqui. Vejam  só: Há alguns meses participei de uma Audiência, onde fui ser ouvido junto

Vem de peça que eu vou na mão!

A peça que faltava! Meu pai é um homem muito simples. Sua quarta série primária não foi suficiente para tirar dele expressões como “menas”, “drobla”, e “diminói”. Na verdade, antes que alguém o tenha por ignorante, essa é, apenas, a manifestação da língua portuguesa viva presente em grande parte da população brasileira em detrimento da

Comando e consenso

Comando: responsabilidades para poucos Comandar é mandar com (junto). Esse é um conceito que aprendi na academia. Dividir com os subordinados as responsabilidades e também os louros das conquistas. Normalmente, muito se vê só aquele. Sinceramente o termo e a explicação são aquém. Se segurança pública é “… dever do Estado e responsabilidade de todos…”,